300 x 250 Ad Space

08 janeiro 2010

E-mail, ferramenta ou tormento?


Começo a notar que muitas pessoas ficam cada dia mais presas a sua conta de e-mail, o número de checagem para ver se tem novas mensagens só tem crescido, e as pessoas começam a buscar conectividade via Smartphone e 3G usando Push Mail (sistema onde as mensagens são notificadas assim que são recebidas pelo servidor), isso sem contar os Black Berry que são ponto forte nesse quesito conectividade e e-mail. Ok, tudo é muito avançado e parece ser um sonho, mas será que precisamos mesmo de tudo isso?

O e-mail parece que vem dominando a vida das pessoas, mas quem são essas pessoas? esse é o ponto. Concordo que ativar Push Mail, se você é um empresário e precisa estar em contato com a empresa, é uma ótima idéia, afinal a empresa pode perder dinheiro se esse empresário não tomar uma decisão rápida, mas e se a pessoa é um jovem estudante? ou trabalha em alguma área onde essa necessidade não exista?

Pesquisas tem mostrado que toda vez que você checa um e-mail, demora em torno de 15 minutos para voltar ao trabalho e se concentrar, logo se você faz 10 checagens por dia, terá um total de 150 minutos perdidos (ual que desperdício).

Eu já testei Push Mail no meu Smartphone e confesso que não gosto nada disso, afinal não faz nenhum sentido eu ser manipulado pela minha caixa de e-mail, portanto defini uma regra inspirada nas dicas do expert em tempo Christian Barbosa, checar o e-mail no máximo 5 vezes por dia, em horários alternados e definidos.

Tenho um Smartphone 3G, meu Nokia N78, e ele me serve muito bem, tem conectividade e me permite organizar minha vida através da minha agenda, mas eu não tenho um pacote de dados, e não pretendo ter tão cedo, mas como ele tem wifi é muito prático quando estou próximo a uma rede wireless e preciso fazer alguma consulta de urgência.

Já faziam 3 meses que meu INBOX estava sempre com algo em torno de 250 mensagens não lidas, e eu não conseguia eliminar, mas essa semana fui lá e consegui zerar esse INBOX, lendo as mensagens importantes ,e marcando como lida mensagens que são uma total perda de tempo como aqueles e-mails com anexos de Power Point com mensagens e reflexões.

Outra atitude que tomei foi voltar a jogar tudo em pastas de arquivo dentro do próprio e-mail, eu tinha uma mania irritante de deixar tudo na caixa de entrada, aquela poluição de e-mails, totalizando 9.000 e-mails nela, agora ela possui 0, pois voltei a utilizar pastas de arquivos e movo todos os e-mails para elas, utilizando uma sequência cronológica.



Acho que as pessoas buscam conectividade pelo motivo errado, querendo estar sempre disponível, mas se pararmos pra pensar nisso, só perdemos tempo com coisas desnecessárias. Meus dias são muito mais produtivos desde que deixei de utilizar programas de mensagens instantaneas, eu perdia HORAS por dia só ali jogando conversa fora com as pessoas, raciocinei e vi um terrível quadro, onde muitas vezes eu me privava do convivio com pessoas da minha casa para ficar falando asneiras por horas a fio com pessoas internéticas.

Hoje em dia só acesso programas de mensagens instantaneas quando tenho um objetivo definido, por exemplo, conversar com alguém e resolver alguma coisa, caso contrário não faz mais sentido. O mesmo vale para redes sociais como Orkut e Facebook, tem dias que passo sem acessar ambas, a única rede social que acesso com frequência é o twitter, mas porque o foco é diferente.



Ando cheio de projetos e planos de trabalho, minha cabeça anda a mil, e estou canalizando esforços para chegar onde quero, pra isso eu preciso de organização e planejamento do tempo, e acreditem, estou sendo muito criticado por isso, muitas pessoas acham que tudo o que faço é uma perda de tempo, muita gente acha minhas ferramentas de organização estranhas, e outros me criticam achando que não serei capaz, mas o que eu digo aqui para todos que vem me criticando nesse tempo - e são muitas pessoas - é que tenho tido grandes progressos e vou ter ainda muito mais.

4 comentários:

Rogério PC disse...

Como tudo na vida a virtude está no equilíbrio. Na época do Second Life, uma das inúmeras reportagens sobre esse ambiente virtual narrava o caso de um casal que se comunicava basicamente pelo ambiente do Second Life. Ele no quarto, por exemplo, e ela na sala e os dois conversavam pelo Second Life. Francamente, isso já é patologia...

Daniel disse...

Posso passar dias sem entrar no Facebook e Orkut, mas o e-mail eu checo direto.. Tenho que me controlar.. :)

twitter.com/Quimicoweb disse...

As vezes as pessoas não acham as ferramentas de gestão do tempo estranhas, mas por não terem o habito de utilizar estas ferramentas acabam achando engraçado quem consegue fazer.

Eu por exemplo, não costumo usar agendas, e nem fazer planejamento dos meus trabalhos.
Quando antes de começar um trabalho, sento e penso em tudo que vou fazer, listo as etapas, perco umas duas ou três horas, mas no final termino o trabalho bem antes do tempo que gastaria se o executassem sem planejar, mesmo que eu erre e precise repetir ou incluir algo.

Dá até pra sapiar o email de vez em quando, faço bastante isso.

Preciso criar uma disciplina nessa parte, ando observando quem faz e vejo resultados.

Tecnoboy disse...

Com certeza a harmonia deve prevalecer, mas em muitos casos isso é bem difícil.

Acho que as nossas técnicas de planejamento e organização são muito pessoais, e cada um vai desenvolver ou adaptar a maneira que melhor se enquadre no seu perfil.